Início > MotoGP > Qatar: Qualifying

Qatar: Qualifying

Stoner confirma o favoritismo, Honda em partes

Ele foi o protagonista desde o começo. Exceto por breves momentos, Stoner estava sempre ao  lado do número 1. Dava a impressão de ser fácil, mas Pedrosa conseguiu ameaçar a pole de seu companheiro. Stoner: 1’54.137 (P1)

Mesmo não conseguindo, a proximidade nesta pista é algo a se comemorar por parte de Pedrosa. O pequeno espanhol nunca havia largado na primeira fila no Qatar, a maioria das vezes largou na terceira, enquanto Stoner sempre se deu muito bem no circuito de Losail, exceto seus famosos tombos, é claro. Pedrosa: 1’54.342 (P2)

Quem não conseguiu andar na frente foi Andrea Dovizioso. Com mesmo equipamento dos dois primeiros, Dovizioso fez apenas o 7º tempo, 1 segundo mais lento que Stoner. Dovizioso: 1’55.229 (P7)

Das satélites, Marco Simoncelli surpreendeu com uma volta em 1’55 que lhe garantiu a 4ª posição no grid, 8 posições à frente de seu companheiro Hiroshi Aoyama.  Simoncelli:1’54.988 (P4)   Aoyama: 1’55.724 (P12)

Yamaha

Lorenzo e Spies fizeram bom trabalho ao longo do treino, alternando-se entre Stoner e Pedrosa, conseguiram terminar a menos de 1 segundo da pole. Lorenzo, que larga em 3º, já afirmou que sua meta é o podium, sendo que dificilmente conseguirá superar Pedrosa ou Stoner. O atual campeão do mundo ainda se disse impressionado com a melhora de sua moto em relação ao ano passado. Lorenzo: 1’54.947 (P3)    Spies: 1’55.095 (P5)

O estreante da Tech3, Cal Crutchlow, conseguiu acertar-se com a moto e larga em 8º,  enquanto seu companheiro, o veterano Colin Edwards parte da 10ª posição. Crutchlow: 1’55.578 (P8)   Edwards: 1’55.647 (P10)

Ducati

Sempre lutando por ritmo, Valentino Rossi e Nicky Hayden começam mal a temporada. Depois de brigar boa parte da sessão pelo 10º lugar, Rossi conseguiu terminar o dia em 9º, ainda assim, bem melhor que seu companheiro, que parte da 13ª posição. Rossi: 1’55.637  Hayden: 1’55.881

Quem “confirmou a surpresa” foi Hector Barberá. Não só andou à frente de Rossi, como conseguiu uma bela volta nos últimos minutos, lhe rendendo a 6ª posição no grid.  Barberá: 1’55.223

Em termos gerais, o começo de temporada da Ducati é muito ruim. Das últimas 6 motos, 4 são Ducati e dificilmente alguma andará no pelotão da frente. Há muito trabalho pela frente para os italianos.

Grid Completo

Moto2

O campeão da 125cc e estreante na categoria, Marc Marquez, por muito pouco não consegue a pole, que fica com Stefan Bradl. Mesmo assim um belo começo para o jovem espanhol.

Grid Completo

125cc

Nico Terol, que disputou o título em 2010, confirma o favoritismo pressuposto por liderar os treinos livres e larga da pole.

Grid Completo

Categorias:MotoGP
  1. Felix
    19/03/2011 às 21:05

    Vamos para a corrida, treino é treino, corrida é corrida.

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s