Início > MotoGP > [MotoGP] Aragón: Corrida

[MotoGP] Aragón: Corrida

Stoner vence sua primeira do ano

No circuito estreante, situado na cidade de Aragón na Espanha, Casey Stoner finalmente consegue sua primeira vitória. O australiano, que era um dos favoritos ao título no começo do ano, lutou contra o equipamento durante a primeira metade do campeonato, com muitas quedas e sem resultados expressivos.

Os velocistas

Assim que Pedrosa superou Lorenzo, a corrida virou uma perseguição no melhor estilo Fastest Lap Vs Fastest Lap. Os dois pilotos cuja melhor definição é “velocidade pura” proporcionaram diversão para aqueles que conheciam suas características. Uma pena que Pedrosa e sua Honda não aguentaram muito tempo na disputa. Ainda assim, vitória merecida de Casey Stoner, o que ajuda a aliviar o clima na Ducati.

Final emocionante

Poucas ultrapassagens durante a corrida, mas poderíamos dizer que “no final é mais gostoso”.

Enquanto Stoner e Pedrosa abriam vantagem, Lorenzo (P3) se via pressionado por Nick Hayden. Por mais de 10 voltas o piloto da Ducati seguiu a Yamaha de Lorenzo, para tentar a ultrapassagem na última volta. Com um mergulho na segunda perna do ‘S’, a ultrapassagem foi no melhor estilo “estragando” a tangência do adversário.

A ultrapassagem provocou uma reação nada elegante de Lorenzo, que tratou de voltar rapidamente ao seu box e ao descer da moto, isolou-se sem dizer uma palavra aos membros da equipe. Atitude lamentável para o piloto da casa.

Outra disputa emocionante foi a do 5º lugar, entre Dovizioso e Spies. Em mais uma boa exibição, Spies defendeu com unhas e dentes sua posição de Honda da fábrica pilotada pelo italiano. Até mesmo quando Doviziso colocou por dentro na reta, Spies consegiu manter sua posição em uma manobra pelo lado de fora, sensasional. Na última volta, Dovizioso acabou caindo, deixando a sexta posição para Valentino.

Ducati melhora

O panorama no circuito espanhol foi inédito nesta temporada, pela primeira vez, a Ducati demonstrou estar no mesmo nível das rivais, até à frente. Se a vitória, com direito a 5 segundos de vantagem não foi indício suficiente, o terceiro lugar de Hayden, seu primeiro podium no ano, comprova que a Ducati ou se adaptou muito bem a este circuito, ou evoluiu bastante. Ótimo indício para Valentino Rossi, que assume o posto de Stoner para proxima temporada.

Categorias:MotoGP
  1. Felix
    24/09/2010 às 6:22

    Bia Figueiredo, vai correr na última corrida da Indy pela Dreyer & Reinbold, fechou um acordo para última etapa Homestead, o carro vai para a corrida com o número 24.

    A corrida vai ser no dia 2 de outubro, no oval de Homestead e tem uma importância maior por ser a grande decisão do campeonato.

    Dario Franchiti, vai tentar acabar com a vantagem de 12 pontos e colocar pelo menos mais um ponto isso daria seu terceiro título na categoria, Will Power, se for o campeão vai coroar um ótimo campeonato pela equipe Penske.

  2. Felix
    23/09/2010 às 10:43

    Bernie Ecclestone, nota 10:

    “Paul Ricard é provavelmente uma das melhores pistas do mundo, o GP da França tem um futuro, mas onde estão os promotores do evento?”

    “Estou pronto para assinar um contrato o mais rápido possível, no momento que alguém vier a mim e disser ‘Eu tenho dinheiro e a pista é Paul Ricard’.

    Bernie Ecclestone, nota zero:

    “Se você olhar o sistema, vai ver que não mudou absolutamente nada, se tivéssemos o sistema antigo, seria exatamente a mesma posição de hoje.”
    “Talvez eles acordem e pensem no meu sistema de medalhas de ouro agora, porque Mark teria quatro medalhas de ouro e os outros, três, Jenson Button e Sebastian Vettel teriam apenas duas.”

    Será que não existe ninguém para fazer uma simples pergunta:
    Qual vai ser o piloto otário, que vai tentar fazer uma corrida de recuperação, sabendo que só um milagre, esse piloto pegaria alguma medalha?

    Bernie, as melhores apresentações de um piloto, são esse tipo de corrida de recuperação,
    será que a F1, não perderia como espetáculo?

    Bernie Ecclestone, colocar descartes de 5 ou 6 corridas, em um campeonato com 20 corridas, não daria uma motivação maior para os pilotos arriscarem bem mais?

    No primeiro campeonato do “Ayrton Senna”, suas apresentações fabulosas, arriscando tudo, em cada etapa, pois tinha a regra dos descartes, Alan Prost, terminou o campeonato com muitos pontos na frente e perdeu o título pelos descartes nas corridas burocráticas.
    Felix

  3. Felix
    22/09/2010 às 11:46

    FORMULA UM
    Jean Todt, presidente da FIA:
    “Eu penso que o caso da ordem camuflada da equipe da Ferrari na corrida da Alemanha estabeleceu um precedente muito grave, vergonhoso e inadmissível, sem dúvida e com urgência a FIA tem que rever a questão para que não haja um preço para a violação da sanção.”
    “Sobre a temporada de 2013, a F1 vem com mudanças radicais, com a volta dos motores turbo, 4 cilindro e 1,6, a volta do efeito-solo, uma categoria voltada para ecologia, essas mudanças são essenciais e necessárias, nós não vamos abrir mão dessas mudanças, manter a paixão dos torcedores”.

  4. Felix
    21/09/2010 às 18:53

    Livio Suppo, ex-chefe da equipe Ducati, deve comandar a Honda no próximo ano, essa alteração provavelmente mudará a estrutura da equipe, que atualmente tem um grupo exclusivo para cada piloto.

    Casey Stoner, fala sobre como é na equipe Ducati: “Hoje em dia, na MotoGp, existem muitas equipes, que tem dois chefes diferentes para cada lado e cada piloto, aqui, todos nós trabalhamos unica e exclusivamente para a equipe Ducati, penso que, se você pilota por uma equipe, precisa se sentir como membro, na Honda, parece haver um certo conflito na equipe, não sei ainda qual é o motivo, pois não estou lá, então não posso dizer nada sobre o problema”.

    Dani Pedrosa: “Acho que a estrutura da Honda, está muito boa, funcionando perfeitamente, você pode ver que, no começo do ano, estávamos sofrendo, nos perdemos um pouco com a moto e com a atual estrutura, porém fizemos um ótimo trabalho e tudo está funcionado muito bem, a situação, na minha opinião, não podia estar melhor, sou a favor que na equipe tenha a separação interna com dois times, isso é essencial”.

  5. Felix
    21/09/2010 às 8:48

    FORMULA UM
    Que mistério é esse?
    O que aconteceu com o mecânico que foi atropelado no box?
    Duas semanas já passaram e ninguém tem informação, o máximo que sabemos que o mecânico não tem nome completo só “Marco”?

    Primeiro nome é Marco, foi atingido violentamente pela roda traseira direita e pela asa traseira do carro do piloto Yamamoto na saída do pit-stop da equipe Hispania.

    Hispania declara: “está se recuperando positivamente”. “Ele deve deixar o hospital na Itália, em breve, e então voltará à Alemanha, seu país”.

    Já saiu do CTI?
    Já saiu do Coma?
    Já reconhece as pessoas?
    Vai sobreviver?
    QUE F1 É ESSA, É UM CIRCO OU É TRÁGICO?

  6. Felix
    21/09/2010 às 6:31

    Mario Moraes:
    “Estou voltando para o Brasil, com muita dores e por enquanto só da pra andar alguns passos, espero que eu melhore para poder voltar às pistas, obrigado a todos pelas mensagens de apoio, pelo que parece, a suspensão do carro quebrou e infelizmente ocorreu o acidente, não sei ainda se vou conseguir disputar a próxima etapa, a equipe médica da Indy é que vai me liberar”.

  7. Felix
    21/09/2010 às 6:28

    A MotoGP prestou um tributo ao piloto japonês Shoya Tomizawa.
    Foi colocada a moto Technomag-CIP Team de Shoya na grid de largada, foi feito um minuto de silêncio em honra do japonês.

    A família de Tomizawa, receberá agora o Troféu Michel Metrauz na próxima corrida no Japão.

  8. Felix
    20/09/2010 às 7:34

    Parece que a Ducati, conseguiu fazer algumas mudanças na moto, que melhorou muito o equilíbrio da maquina, pois mostrou nessa corrida que diminuiu o consumo dos pneus e a melhorou a estabilidade, ajuste fino da moto, mostrou pelo menos nessa corrida, que tem uma moto em igualdade de condições para disputar com Yamanha e Honda.

  9. Felix
    20/09/2010 às 7:20

    FORMULA INDY
    Se o Dario Franchitti, conseguir na última etapa em Miami, o mesmo que o Helinho fez no Japão, que foi(barba, cabelo e bigode)a pole, o maior numeros de volta na liderança e a vitória, vai poder comemorar seu terceiro título da Indy, mesmo que o Power seja o segundo colocado, difícil sim mais não impossível.

  10. Felix
    19/09/2010 às 18:02

    Casey Stoner:“Para ser honesto, foi um grande alívio, no fundo tivemos chance real de vencer só na primeira corrida em Catar, mas cometi um erro e houve alguns outros momentos ao longe do ano, onde poderíamos ter tido uma chance de vitória, mas foi apenas um erro da minha parte, achar um bom acerto da moto foi a nossa principal luta, a minha moto Ducati, realmente ela tem um bom ritmo, na temporada sempre estivemos perto tanto da Yamaha e da Honda, mas com uma volta 0s2 ou 0s3 mais lento, torna-se quase impossível tirar esta diferença, hoje no treino de manhã, tive um pequeno deslize, essa foi a minha principal preocupação na corrida, não chegar perto de qualquer faixa branca da pista.”
    “Fomos capazes de alcançar o ritmo que precisávamos durante a prova e trouxe para casa Ducati uma vitória, desculpem-me por ter demorado tanto tempo”.

    Dani Pedrosa:”Não fiz uma largada perfeita e deslizei na primeira curva, caindo para o quinto lugar, então, eu tive duas ou três voltas onde tive que ultrapassar alguns pilotos, Casey já estava muito longe, eu ainda tentei pegá-lo, mas o nosso ritmo era o mesmo, no final eu estava lutando muito com meus pneus, o segundo lugar não é tão ruim”.

    Nicky Hayden: “A corrida não foi fácil entre eu e Jorge Lorenzo, fui capaz de seguir o ritmo Lorenzo, mas não conseguia uma chance de superá-lo, nas últimas duas voltas, acelerei firme e não iria me contentar com outro quarto lugar, minha moto estava muito boa, consegui fazer a ultrapassagem na chicane, é bom estar no pódio, foi um fim de semana muito bom, e agora tenho o meu primeiro pódio do ano, é bom estar aqui e vou tentar chegar mais algumas vezes antes da temporada acabar”.

    Jorge Lorenzo:”A minha largada foi muito boa, mas durante a corrida lutei muito com o Nicky, que esteve sempre atrás de mim, não posso estar contente com o resultado, hoje estou desiludido por ter quebrado o meu recorde de pódios consecutivos, mas o mais importante é que terminámos a corrida e arrecadámos pontos para o Campeonato, ainda temos mais cinco corridas, é um momento complicado para nós, temos que fazer algumas coisas para voltar a melhorar, vamos para Motegi e estou ansioso por um bom resultado na casa da Yamaha”.

    Valentino Rossi:”Penso que tenho que tentar disputar as próximas três corridas, infelizmente, a próxima corrida na pista é Motegi, é a pior para meu ombro, depois, temos Austrália e Malásia, onde temos que tentar correr, especialmente porque eu já andei em Sepang com essa mesma moto quando eu estava muito bem fisicamente, mas as últimas duas provas na Austrália e a da Malásia, vamos tomar uma decisão, pelo meu ritmo, essa cirurgia não pode demorar, o grande problema é eu não poder andar da maneira que eu quero, o ombro não piora quando eu ando na moto, apenas se mantém constante.”

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s