Início > Formula1 > ÚLTIMAS NOTICIAS E COMENTÁRIOS DA FORMULA 1

ÚLTIMAS NOTICIAS E COMENTÁRIOS DA FORMULA 1

Confira os comentários.

Categorias:Formula1
  1. Luiz Sergio
    08/07/2010 às 10:32

    Bernie Ecclestone acha que não há espaço para a FOTA na Fórmula 1.

    “Nunca vai funcionar porque é formada por equipes que lutam entre si nas pistas,
    quando as equipes examinam as regras, todas tentam tirar vantagem, agora entendem que é bom dar importância ao dinheiro que recebem, não há espaço para a FOTA…”

    • KBK
      08/07/2010 às 23:30

      Bernie tem medo de perder o controle. Mas o que ele disse tem umfundo de verdade.

  2. Luiz Sergio
    08/07/2010 às 8:38

    Mark Webber minimizou os comentários que indicam que o fato de ele ter recebido o chassi rejeitado de Vettel e o tratamento desigual entre ele e seu companheiro de equipe.
    “Não há nada errado com o carro. É tudo o que temos.”

    Webber ainda sente dores do acidente em Valência.

  3. Luiz Sergio
    08/07/2010 às 6:54

    Outro segredos da Red Bull:

    Um dos segredos para o poderio da Red Bull nos treinos classificação:
    A Red Bull tem um elemento eletrônico que mantém constantemente a pressão dos gases que o motor expulsa, mesmo se acelerador está sendo pressionado ou não, com isso, o fluxo do escapamento é constante no difusor duplo gerando carga até em velocidades lentas, este sistema é usado com muita moderação, já que seu uso deve ser prejudicial para ao motor.

    • KBK
      08/07/2010 às 23:27

      Muito interessante. Os “segredos” da Red Bull demoram mais a ser desvendados que a concorrência.
      Nãoé a tôa que eram os únicos a andar no mesmo rítmo das Brawns em 2009 mesmo sem difusor duplo.

  4. Luiz Sergio
    08/07/2010 às 6:29

    Felipe Massa para a corrida em Silverstone:

    “Espero que possamos dar outro passo à frente neste fim de semana, com as atualizações que trouxemos para a Inglaterra,vamos forçar ao máximo para tentar superar nossos competidores, teremos de aprender as curvas novas na sexta-feira para julgar se precisamos fazer alterações significativas no tipo de acerto que utilizamos aqui em outros anos, este deverá ser um teste de nossa melhoria, tanto em performance pura quanto em relação à nossa posição contra as equipes que estão à frente.”

    “Mesmo se andarmos bem no GP da Inglaterra, sabemos que estamos um pouco atrás no campeonato e estamos na metade da temporada.”

  5. Luiz Sergio
    07/07/2010 às 11:32

    Renault renova contrato com Kubica por mais duas temporadas.

    A Renault anunciou a renovação de contrato de Robert Kubica nesta quarta-feira (7). O vínculo do polonês com a equipe francesa foi estendido por mais dois anos e meio, até a temporada 2012 da F1. “Foi uma decisão fácil para mim, continuar em uma equipe onde me sinto em casa. O que é importante para mim é estar no ambiente certo, com um bom grupo de pessoas, onde todos seguem na mesma direção. Isso é o que temos tentado construir desde o início da minha passagem na Renault”, disse o piloto.

    As performances do polonês provocaram uma onda de especulações sobre o seu futuro, incluindo uma possível transferência para a Ferrari. A mídia europeia chegou a noticiar que o piloto tinha assinado um pré-contrato com o time italiano. Porém, a equipe de Maranello renovou o contrato de Massa. Agora, Kubica acertou sua permanência na Renault.
    “Acho que já conseguimos muita coisa juntos. Acredito que com mais esforço, tempo e uma abordagem adequada, podemos avançar ainda mais. Essa é certamente a nossa meta, por isso vamos continuar trabalhando duro, não apenas para o restante desta temporada, mas também para o próximo ano, com mais mudanças nas regras. Estou realmente ansioso para o desafio”, concluiu o piloto.

    • Marco
      07/07/2010 às 21:29

      Decisão importante e perfeita para todos , a Renault é uma equipe coesa , harmoniosa e , silenciosamente trabalha na melhoria dos carros .
      Por isso está contando muito com o talento desse piloto que além de ser muito rápido , muito raramente comete erros .
      O cara é tão com que com esse carrinho tá na frente de Massas , Schumis e tantos mais .
      Portanto meu caro amigo , ficou de bom tamanho a renovação do talentoso Kubica com a simpática e promissora Renault .

  6. Luiz Sergio
    07/07/2010 às 8:19

    Williams vem com tudo para Silverstone, até o novo difusor-escapamento.

    “O FW32 terá mais atualizações para o GP em Silverstone, incluindo o sistema difusor-escapamento, o duto do freio traseiro e algumas mudanças na suspensão dianteira”, afirmou Sam Michael, diretor-técnico da equipe britânica. “Vamos avaliar o difusor-escapamentodurante os treinos livres de sexta e tomaremos um decisão à noite”, completou.
    Rubens Barrichello, disse:
    “A equipe mostrou um grande esforço em Valência, foi ótimo ver o quanto melhoramos e espero que isso continue, teremos um novo pacote de atualizações para Silverstone e espero que o carro se torne ainda mais rápido, existe uma atmosfera ótima na equipe e estou orgulhoso de fazer parte desse esforço.”

    • Marco
      07/07/2010 às 21:18

      E mais meu querido amigo , o nosso Rubinho é o piloto em atividade que mais competiu em Silverstone e como as novas atualizações comentadas por você , e mais o seu retrospecto , quem sabe não poderá ir além do terceiro lugar que conquistou no ano passado . Torcida é que não faltará .

    • KBK
      08/07/2010 às 16:44

      Ótima notícia. Williams merece figurar entre os primeiros.

  7. Luiz Sergio
    07/07/2010 às 7:40

    A Mercedes GP estaria já estaria pensando em seguir, O mesmo caminho das outras frabricas: BMW, Honda, Toyota, etc…

    Moncet escreveu no blog Auto Plus que uma conferência em video teria envolvido o presidente da Daimler, Dieter Zetsche, e algumas pessoas da equipe Mercedes GP, tais como Ross Brawn, Norbert Haug, Michael Schumacher e Nico Rosberg.
    Ele disse que “as declarações de vários membros da equipe para a mídia foram discutidas”, embora um porta-voz da Mercedes tenha desdenhado da informação.
    Houve também sugestões que Rosberg, Schumacher e Brawn seriam a favor de parar o desenvolvimento do carro atual para se concentrarem no da próxima temporada.
    Mas em um comunicado da equipe na semana passada, essas mesmas pessoas insistiram que a equipe ainda está trabalhando duro no W01.

    “Tem sido difícil para nós nas últimas corridas, mas estamos trabalhando duro para melhorar e estou confiante que vamos chegar lá”, disse Rosberg.
    No entanto, a manchete do diário alemão Die Welt disse:
    “a expectativa e a realidade estão distantes na Mercedes”.

    O artigo inclui o aviso de Zetsche no início deste ano, quando disse:

    “Se houver indicações claras de que podemos usar o nosso dinheiro de forma mais eficaz fora da Fórmula 1, então nós teremos que tomar uma nova decisão”.

    • Marco
      07/07/2010 às 21:10

      Porras , essa notícia foi forte hein LS ? e que por sinal , muito bom post .
      Cá entre nós amigo , já até antecipo , pois sei que não concordarás , mas não sería uma suposta decepção com o Schumi para que a Mercedes começe a pensar assim ?

      • KBK
        08/07/2010 às 16:34

        A equipe germânica não mostra o mesmo entrosamento que a seleção de futebol.

        Mais do que decepção quanto ao desempenho de Schumacher, acho que todos da equipe esperavam estar melhor no campeonato. O carro não é o que esperavam.

        De certa forma gosto disso. Pois diminue o endeusamento ao Ross Brawn.

  8. Luiz Sergio
    06/07/2010 às 23:18

    Damon Hill sugere cautela com Schumacher: “Nunca descarte o cara”
    Segundo o inglês, Schumi sempre tem uma carta na manga.
    “Nunca descarte o cara. Eu cometi este erro. Você nunca pode descartá-lo, ele nunca está fora. Ele sempre tem algo tirado de algum lugar, Michael ama correr. Onde mais você vai ter o mesmo tipo de satisfação? Não tem nada a ver com o dinheiro. Ele é um perfeccionista, muito determinado a conseguir as coisas. Ele quer mostrar que é possível vencer aos 41 anos.”

    • Marco
      07/07/2010 às 21:00

      Luiz Sergio , confesso que levava super fé no Schumi , mas acho que devagarinho está encerrando de uma forma lamentável sua carreira na F1.

  9. Marco
    06/07/2010 às 20:18

    Daí KBK , boa noite , como de costume , estamos por aqui no aguardo de notícias e marcando sempre a nossa presença .
    Grande abraço .

  10. Marco
    05/07/2010 às 22:01

    KBK e Luiz Sergio pra mim só ficou um detalhezinho ” dê fora ” : as respontas deveriam ficar acima do comentário … não acham ?
    Mas de qualquer forma está excelente , ficou muito , mas muito melhor !

    • Luiz Sergio
      06/07/2010 às 23:10

      Não Marco, eles devem ficar abaixo, se não as pessoas não vão compreender!

  11. Marco
    05/07/2010 às 21:31

    Óóóh que grande surpresa ! Agora ficou muito bom !
    Grande KBK , e não menos grande Luiz Sergio !

  12. Marco
    05/07/2010 às 21:22

    Muito boa noite KBK , como sempre não deixamos de passar por aqui , e estamos aguardando notícias .
    Grande abraço !

  13. Luiz Sergio
    05/07/2010 às 17:45

    Webber recebeu da RBR o chassi rejeitado por Vettel???
    No proximo GP que é na Inglaterra, Webber não competirá em Silverstone com um novo chassi, como presente por ter sobrevivido do acidente Webber terá o chassi que foi oferecido a Sebastian Vettel e rejeitado pelo alemão, naquela ocasião, Vettel não quis utilizar o chassi foi identificado um conjunto de falhas nesse chassi e a equipe deu razão ao alemão e fabricou outro chassi para Vettel.
    RBR diz já ter feito os reparos no chassi.
    Será que este chassi estará no patamar para ser utilizado por Webber, em uma pistas como é a nova Silverstone que é de alta velocidade, milagre não acontece duas vezes?

    • Marco
      05/07/2010 às 21:43

      Amigo , esse tá mal coitado , só se salva se acontecer algo com os três lá da frente , Valência , está sendo a armação para o ” xeque-mate ” .

  14. Luiz Sergio
    05/07/2010 às 17:23

    KBK, muito obrigado.

  15. Luiz Sergio
    05/07/2010 às 17:20

    BUTTON LEVA TIRO A QUEMA ROUPA NO ROSTO

    O campeão mundial, Jenson Button , levou um tiro no rosto uma semana antes do Grande Prêmio da Inglaterra em Silverstone.
    Felizmente para ele e sua equipe McLaren não era nada mais perigoso do que um exercício de tiro de tinta-balling na floresta Surrey como ele para a equipe mudar um pouco sua rotina de treinamento mais sério.
    Na entrevista Button falou:
    “Acho que será uma luta difícil daqui em diante será um campeonato muito especial e difícil de vencer mais não impossivel, ainda é um campeonato e não é diferente de qualquer outro ano, penso que se ganhar este ano ficara marcado, quando tinha um monte de pilotos e carros competitivos.”
    “Se o nosso carro continuar rápido o suficiente, então Lewis vai ser a minha maior ameaça, tenho certeza.”
    “Isso é ótimo para o torcedores britânicos, com dois pilotos britânicos em um carro competitivo.”
    “Estou realmente animado para a corrida em Silverstone.”

    • Marco
      05/07/2010 às 21:54

      Pô , sério , levei um baita de um susto , pode acreditar … rsrsrsrs …

      Inglaterra , Silverstone , já estão em grande festa para um histórico GP , no berço do automobilismo mundial , pois terão uma equipe inglêsa liderando o campeonato de construtores e , com dois pilotos inglêses na ponta da tabela do campeonato .

      É demais para os fãs do automobilismo inglês e , porque não dizer para a toda Inglaterra . Haja alegria para esse povo !

  16. Marco
    04/07/2010 às 11:41

    Bom dia Luiz Sergio , e excelente post , não poderia ser melhor !
    Webber , apesar do acidente , ainda está em quarto no campeonato que não é de todo mal , mas que o resultado de Valência tirou-lhe boa chance de continuar alí no topo da tabela , mas como vem fazendo ” um campeonato maravilhoso ” como bem comentas , não pareceu que saiu afetado , pois saiu do circuito ( como vi pela TV esponhola ) com sorrisos largos e posando para todas as fotos em que foi solicitado .
    Quanto ao Vettel descaradamente o protegido da Red Bull , não pode bobear frente aos campeões da Mclaren que terão em Silverstone carros bem mais competitivos do que os de Valência .
    Não tenho dúvidas que eles serão os grande rivais do protegido , já que Alonso e Ferrari estão remando contra a maré e estão vendo a situação se complicabdo.

    • Luiz Sergio
      04/07/2010 às 17:26

      Marco e KBK, estarei no Rio de Janeiro, por dois dias, pois passo o mes todo em Búzios, qualquer coisa acesse o meu email luizsergiofelix@gmail.com

      • Marco
        04/07/2010 às 18:22

        Valeu , Luiz Sergio boa estadia por esses dois dias no Rio , e um bom retorno a bela e confortável Búzios .

  17. Luiz Sergio
    04/07/2010 às 8:54

    Em entrevista o piloto Webber falou:
    “Estou tomando a decisão a cada ano, e foi isso que fiz com a Red Bull neste último contrato, se me tivessem perguntado em 2005 se eu pensava estar na F1 em 2011, teria dito ‘de maneira nenhuma’, não estou correndo sob pressão e é improvável que eu saia da Red Bull.”

    Parece que caiu a ficha do Webber com sua equipe e a luta pelo campeonato, e no primeiros momentos o piloto quer mais é desaparecer, largar toda essa política depois percebe que ainda não é o momento para sair desse Circo de marionetes, pois o vício pela competição é muito maior que todas as sujeiras que na F1 existe.
    Pilotos, comentaristas, mecânicos, enfim todos do mundo da F1, teriam histórias para todos os tipos de livros ou filmes, terror, comédia, suspense, crimes, etc…
    Webber, também pode, já está provado que mesmos que alguém tenha como provar certas sujeiras, não vale a pena, Nelson Angelo, está ai para servir de exemplo.
    Para simples mortal como eu, Webber, já conseguiu mostrar as minhas dúvidas, o Vettel, não é ainda tudo isso como piloto e que a equipe Red Bull naquele acidente entre os dois, que o Vettel é a opção da equipe, mesmo com um campeonato maravilhoso do Webber.

  18. Luiz Sergio
    03/07/2010 às 23:05

    Marco, espero que o KBK, reverta logo a entrada dos comentários, pois está ficando difícil acessar os comentários mais recentes.
    Nunca nesse país!!! Calma, sempre me empolguei com esses tipos de frases falsas!!!
    O que eu quero dizer é: eu nunca dei tanto apoio para um blog!

    • Marco
      04/07/2010 às 0:20

      Rsrsrs … Sou testemunha desse apoio incondicional !
      E digo mais meu amigo : Não só deste não , mas de outros também , como por exemplo do nosso grande amigo Tomás , você está sempre lá , dando sem dúvida uma grande e enorme força .
      Qto as entradas de comentários , tenho certeza que o KBK reverterá , é só aguardar um pouco mais .

    • KBK
      08/07/2010 às 13:11

      Podem ter certeza que o apoio é apreciado!
      Espero conseguir compensar a ausência em breve.
      Abraços!

  19. Luiz Sergio
    03/07/2010 às 22:56

    A equipe Williams está confiante que o carro ainda tem potencial para fazer progressos nessa temporada.
    A Williams vai estrear atualizações, que inclui um novo difusor e Rubinho e o Nico, podem fazer uma boa corrida na Inglaterra.
    A equipe está motivada com a quarta colocação do piloto brasileiro Rubinho, na última corrida, esse que foi o melhor resultado da Williams esse ano.

  20. Luiz Sergio
    03/07/2010 às 21:48

    Equipes novatas estão no mesmo nível das “pequenas” do passado
    Escrito por Willian Ceolin

    O acidente entre Mark Webber e Heikki Kovalainen no GP da Europa trouxe de volta a polêmica sobre os baixos tempos das novas equipes na Fórmula 1.
    A preocupação é considerável, mas não faz tanto sentido se pensarmos que, poucos anos atrás, também havia o mesmo nível de diferença entre os principais times e os menores.
    A diferença da Lotus de Kovalainen para o melhor tempo no Q1 do último sábado foi de 2.750s.
    Em 2002, Webber estreava na F1 pela Minardi.
    Qual a diferença de tempo dele para o primeiro colocado?
    Foram exatos 4.243s.
    Diferença menor apenas do que os carros da HRT no último fim de semana.
    No Canadá, Fernando Alonso e a Ferrari tiveram um discurso mais agressivo contra as equipes.
    Luca di Montezemolo defendeu que elas fossem impedidas de correr, por exemplo:
    Carros andando no mesmo nível da GP2 não deveriam ser permitidos de participar na Fórmula 1.
    Ironicamente, o seu pupilo Alonso estreou na Fórmula 1 em 2001, pela mesma Minardi na qual Webber iniciou a carreira um ano mais tarde.
    O tempo do espanhol foi 3.765s acima da melhor marca.
    Ou seja, desempenho pior do que a Lotus e semelhante ao da Virgin, já que Lucas di Grassi foi 3.954s mais lento do que os líderes em Valência.
    Mesmo com tempos baixos, a Minardi e outras equipes conseguiram construir uma história de tradição na categoria.
    O que leva a duvidar dos motivos de tanta relutância em aceitar Lotus, Virgin e HRT nesse momento.
    Afinal, elas estão no mesmo patamar de Minardi, Prost, Jaguar, Arrows, Super Aguri e Midland na última década.
    Felizmente, a briga com as novatas parece atingir mais alguns figurões do que os torcedores.
    Prova disso é que, no acidente de Webber, 45% dos leitores do blog consideraram o australiano culpado. Sendo que 25% consideraram um acidente normal de corrida e 30% “condenaram” Kova.
    Com o decorrer do campeonato, as novatas evoluem, ganham a simpatia dos fãs e mostram que podem construir sua história na Fórmula 1 como tantas outras fizeram no passado.
    Mesmo que alguns figurões façam charme e esqueçam da sua própria história na categoria.

    • Marco
      03/07/2010 às 22:52

      Pô ,aqui em casa nos finais de semana é foda !
      Agora que acabaram-se as visitas ! mas é legal , faz parte .
      Mas Luiz Sergio , então passou lá pelo Willian … ótimo , posta lá também , gosto muito de lá .
      Olha meu amigo LS e KBK , concordo com o que Flávio Gomes escreveu .
      Ahahahahah … Maradona !? Ahahahahahaha … tá muito bom ! gostei gostei gostei …ahahahahah …

  21. Marco
    03/07/2010 às 17:55

    Estranho qdo fiz o comentário 77 , não encontrei o texto acima , qdo cliquei em enviar comentário , apareceu o de numero 76 , mas como estou com visitas , depoi volto de vejo com mais calma o texto acima .
    Até mais Luiz Sergio e KBK.

  22. Marco
    03/07/2010 às 17:51

    Amigo Luiz Sergio , vai lá no blog do Willian Ceolin – corridas de Fórmula1 – , para dar uns pitacos por lá .`´E muito legal o http://www.corridasdeformula1.com

  23. Maradona
    03/07/2010 às 16:56

    VEM AÍ A FORMULA 1 VERDE

    Mais uma vez a Fórmula 1 sinalizou suas intenções de desenvolver tecnologias limpas.
    Por enquanto fica só no gogó mas é uma questão de tempo para que as novidades sejam implementadas.
    Principalmente agora em que FIA e Fota apontam as metas em conjunto, com data marcada.
    No comunicado, comenta-se que a categoria finalmente voltará a lançar produtos que ganharão as ruas de todo o mundo dentro dos próximos 3 anos. Motores turbo, injeção eletrônica, freios ABS, controle de tração, suspensão ativa e muitos outros recursos despertaram evoluções nos carros de passeio graças à F-1.
    Agora chegou a vez da sustentabilidade ditar os lançamentos da categoria, que se tornará tão verde quanto se espera.
    O grande carro chefe das mudanças será o KERS.
    Há alguns meses se comentou que futuramente o sistema será usado durante a passagem pelo pit lane, substituindo o trabalho do motor.
    Neste caso, sim, o dispositivo estará exercendo sua função amiga do ambiente, coerente com a proposta de estímulo às montadoras para fabricação de carros híbridos.
    O presidente da Fota, Martin Whitmarsh, também destacou os planos de reduzir em 12% a emissão de dióxido de carbono até 2012.
    Mas somente em 2013 teremos a combinação de tecnologias desejadas, que incluem os novos motores aliados ao sistema de transmissão que formarão a base para o desenvolvimento contínuo de tecnologias que melhorem a eficiência do consumo de combustível.
    As mudanças estipuladas para o médio prazo conferem o tempo necessário para que as ideias tomem forma.
    E o melhor: desta vez, FIA e Fota trabalham em total concordância e aprovação.

    TEXTO DE FELIPE MACIEL

  24. Marco
    03/07/2010 às 13:34

    Pô Luiz Sergio , vá devagar , assim eu não posso te acompanhar ! rsrsrsrs
    Você está muito mais rápido do que um Fórmula 1 ! rsrrsrs
    Você está igual a um grande amigo meu que diz : ” É isso aí , toca-lhe o pau ” rsrsrs

  25. Luiz Sergio
    03/07/2010 às 11:55

    A FOTA (associação das equipes de F1) realizou um fórum em Londres, na Inglaterra, para discutir melhorias para a categoria, com ênfase nos fãs e espectadores da F1.
    O fórum discutiu vários temas, regras de testes, asas móveis, segurança e transferência de tecnologias.
    Estiveram presentes Martin Whitmarsh, chefe de equipe da McLaren, Tony Fernandes, o dono da Lotus, Jock Clear, engenheiro da Mercedes, Paul di Resta, piloto de testes da Force India, e Luca Colajanni, assessor de imprensa da Ferrari.
    Whitmarsh disse que um dos principais objetivos dos encontros será tornar a F1 mais próxima dos fãs.
    “A F1 precisa se manter como o auge do automobilismo.”

    • Marco
      03/07/2010 às 13:44

      Que ela tem que fazer algo que torne mais emocionante as corridas tem , inclusive o mais rápido possível .

  26. Luiz Sergio
    03/07/2010 às 11:26

    A vergonha da grande frábrica Mercedes Benz, com sua equipe de F1
    O ponto mais importante e também o mais decepcionante é que a Mercedes Benz não comprou uma equipe qualquer, ela comprou a equipe que tinha no seu currículo , um mundial de construtores, o campeão mundial e o terceiro colocado no mundial de pilotos.
    Hoje a grande equipe Mercedes GP, não tem capacidade de eliminar um problema que teóricamente é relativamente simples, adaptar o pneus no carro, já mexeram no chassi, na suspensão varias vezes, a grande fabrica Mercedes Benz, não tem capacidade para eliminar problemas.
    Pela visão pequena das grandes fabricas, o máximo que elas deveriam entrar na F1, seria cedendo os motores, nada além disso.
    Já estão pensando em diminuir os investimentos na F1 para o ano que vem, pois a FECHA de PRATA até agora é de lata!

    • Marco
      03/07/2010 às 13:50

      Na realidade nem chegaram pert das lendárias ” flechas prateadas ” que na sua época ganharam tudo !
      Agora , essa de Flecha Prateada por flecha de lata , está mais do que ótima ! rsrsr

  27. Luiz Sergio
    03/07/2010 às 8:03

    ASA MÓVEIS, UM RISCO DE ACIDENTES PARA 2011

    Ross Brawn, chefe da equipe Mercedes GP, comentou ontem 2/07/10 a nova regra que querem colocar na F1, que permite o uso de asas móveis, para aumentar a velocidade dos carros em determinados pontos da pista, durante uma corrida, ao contrario da maioria dos pilotos e dirigentes da categoria, Brawn acredita que essa é uma boa ideia.( eu, Luiz Sergio, sou totalmente contra, é um risco muito grande de colocar algo móvel, nos carros da F1, já acontece tantos acidentes, com molas soltas, rodas sem estarem apertadas corretamente, asas quebrando, imaginem uma pane nessa peça móvel que fique pressa quando o piloto entrar em uma curva de alta????)
    Branw:
    “Isso funciona da seguinte forma: a frente da lâmina sobe, e não é a traseira da lâmina que abaixa. Então, o principal plano e a lâmina serão horizontais. Se houver uma falha, a asa vai virar para baixo em uma posição sobrecarregada”, explicou.
    Em 2011, asas traseiras terão elementos móveis, que permitirão aumentar velocidade
    Os planos para as asas são, inicialmente, de que a distância entre as lâminas seja de 10mm e, quando o aparato foi ativado, elas abririam para 50mm. Com isso, espera-se ganhar cerca de 10km/h nas retas.
    “Temos uma quantia que nós dissemos que iríamos levantar as asas – estabelecemos uma meta que acreditamos ser adequada, e talvez um pouco mais que isso seja necessário – mas, em seguida, teremos a possibilidade de reduzir isso se os efeitos forem muito grandes”.
    “O que precisamos definir com cuidado é quando será permitido usar isso. A ideia é [liberar] por uma quantidade de tempo calculado com os tempos e características da pista. Então, quando um carro está perto o suficiente, teremos a mensagem de que podemos usar isso na próxima volta, ou em parte dela, ou durante toda a volta, e, assim, reduzir o arrasto nas retas”, concluiu.
    Martin Whitmarsh, presidente da Fota e chefe de equipe da McLaren, acredita que as asas devem ser testadas no início do ano e que, se falharem , devem ser aprimoradas.
    Martin Whitmarsh
    “Acredito que temos de cuidar disso no início do ano. A F1 precisa parar com essa arrogância de dizer que tivermos uma grande ideia. Todas nossas idéias são ótimas. Nunca devemos admitir que uma ideia é ruim”, analisou.”

    • Marco
      03/07/2010 às 13:40

      Enquanto essa categoria não ver sangue , não vão ficar sossegados , é tudo o que eles querem , pois há tempos estão necessitando de sangue na F1 .

  28. Luiz Sergio
    03/07/2010 às 7:39

    KBK, será que você pode reverter as ordem dos comentários? No blog da Quatro Rodas, os comentários ficam na ordem inversa, Márcio que escreve sobre a F1, também está todo enrolado e sem tempo, o ultimo a escrever fica no topo dos comentários!
    Ainda mais que são noticias e comentários mais atuais, quem acessar vai logo ver!
    Um grande abraço!

    • Marco
      03/07/2010 às 14:10

      Muito boa essa idéia , o KBK tem que aprova-la .

    • KBK
      05/07/2010 às 12:09

      Vou ver se consigo fazer isso.

  29. Luiz Sergio
    03/07/2010 às 7:31

    KBK, também não concordo, mais dos anos 80 para cá na F1, penso que dos grandes pilotos, não escapa nenhum!

    • Marco
      03/07/2010 às 14:14

      Vou me abster desse assunto , pois não tive vontade de ler o texto … quem sabe uma outra hora , por favor meu amigo Luiz Sergio , desculpe-me .

  30. KBK
    03/07/2010 às 4:33

    É um texto romântico, não é?
    Lewis comprometido com a equipe? Será que alguém enguliu essa?
    Respeita os adversários?

    Não sou o dono da verdade, mas discordo.

    Fica o lembrete para MotoGP nesse domingo.
    11:00 – 125cc
    12:15 – Moto2
    14:00 – MotoGP
    Provavelmente no Sportv2

    • Marco
      03/07/2010 às 14:17

      Sim estaremos acompanhado principalmente a a MotoGP as duas (2) horas da tarde , com certeza !

  31. Luiz Sergio
    02/07/2010 às 23:56

    TEXTO do Flavio Gomes sobre Lewis Hamilton

    Quase gênio

    Não garantiu ainda seu lugar no panteão dos grandes gênios da história, mas caminha nessa direção com passos firmes e, muitas vezes, tropeçando.
    Sangue nos olhos, faca nos dentes, faminto por vitórias.
    Cada vez que Hamilton faz das suas, vêm à tona os apostos que o acompanham há algum tempo.
    E, claro, sempre há aqueles que acham que é tudo ao contrário:
    oportunista, desleal, antiético.
    Hamilton já se envolveu em muitas polêmicas desde que chegou à F-1, em 2007. Felizmente aquela baboseira generalizada de mencionar o tempo todo que é o primeiro negro na categoria e coisa e tal ficou no passado.
    Lewis se envolve em polêmicas porque é piloto puro.
    Tem defeitos.
    Não garantiu ainda seu lugar no panteão dos grandes gênios da história, mas caminha nessa direção com passos firmes e, muitas vezes, tropeçando e tendo de se levantar a cada obstáculo que enfrenta. E não têm sido poucos.
    Na sua primeira temporada na categoria, pegou logo de cara Fernando Alonso como companheiro de equipe.
    Encaixou uma sequência impressionante de pódios e, de repente, estava na briga pelo título.
    Não se intimidou com o currículo do espanhol.
    Peitou, mexeu seus pauzinhos, não foi campeão, mas marcou território de forma definitiva e muito rapidamente.
    E quem não quis encarar mais foi Alonso.
    Em 2008, Hamilton ganhou um Mundial dificílimo, lutando desesperadamente até a última curva da última volta da última corrida do ano.
    Um leão, como foi Massa naquele ano.
    Um campeonato de muitos erros, de toques, de batidas, de ultrapassagens arriscadas, de caminho sendo aberto à força.
    O mais emocionante de todos os tempos.
    No ano passado, Lewis foi pego de surpresa pela Brawn, mas foi um dos pilotos mais batalhadores da temporada.
    Mesmo com um carro ruim, nunca se rendeu à situação de inferioridade técnica da McLaren.
    Fez suas besteiras, a mentira na Austrália, por exemplo, assim como fez bobagem neste ano, na mesma Austrália, ao dar uma de bocó com um carro de rua para se exibir.
    A infantilidade de Melbourne, porém, ficou para trás, porque na pista ele tem brilhado. E muito.
    É bom lembrar que poderia estar irritadinho, de bico, porque tendo alguém como ele a equipe foi atrás do campeão mundial, Jenson Button, como que para lembrá-lo de que é preciso estar sempre alerta.
    Mas Hamilton não se abateu e está aproveitando a serenidade e a inteligência de Button, uma espécie de antítese dele mesmo, para melhorar, se aprimorar, crescer como piloto.
    Aliando a, vá lá, fome de vitórias à precisão e espírito de equipe de Jenson, Hamilton vai, aos poucos, se transformando num dos pilotos mais completos da F-1 moderna.
    É veloz, aguerrido, destemido, talentoso, comprometido com a equipe, não desiste nunca de uma ultrapassagem, tem personalidade e respeita seus adversários.
    É esse respeito, aliás, que faz com que sempre lute para derrotá-los.
    Lewis sabe que está entre bons.

  32. Luiz Sergio
    02/07/2010 às 17:22

    KBK, mude o tema, minha sugestão:
    ” ÚLTIMAS NOTICIAS E COMENTÁRIOS DA FORMULA 1 ”
    pois quem acessa pensa que é só sobre a corrida de Valência.

    • Marco
      02/07/2010 às 20:28

      Concordo meu caro amigo , realmente está na hora de mudar .

      • Luiz Sergio
        02/07/2010 às 21:09

        É Marco, a pessoa entra no site, que está falando da corrida que já é um tema velho, já passou. KBK vai ter que mudar o tema com urgência.

      • Marco
        02/07/2010 às 22:29

        Verdade , estás certissímo !
        Mas acredito que está semana teremos coisas novas , vamos aguardar .

  33. Luiz Sergio
    02/07/2010 às 16:00

    KBK, sou contra as equipes, determinarem o que o piloto deve fazer, durante a corrida.
    Sou de opinião que só o piloto poderia falar com o box, o inverso deveria ser proibido.
    O piloto deveria ter uma maior autonomia, parece que muitos pilotos perderam a visão de corridas, o que deve ou não fazer.
    Massa nunca poderia ter acatado a ordem de entrar no box atrás do Alonso, ele já teve na outra corrida que essa é uma opção errada, se ao menos tivesse chovendo era até admissível.
    Massa deveria ter falado só depois que o Alonso, tivesse entrado para o box.
    Como dizem, perdido por um ou dez é a mesma coisa, arriscar faz parte.

    • Marco
      02/07/2010 às 20:25

      É Luiz Sergio , o sucesso de um piloto , está no bom comando do chefe de equipe , entendo que piloto e chefe de equipe , é um só .
      Não tenho nenhuma dúvida em afirmar que um precisa do outro ,se você é um bom piloto , e tem um chefe excelente , o sucesso está garantido , caso contrário … ” caixão ” ! , entendo também que , quem está fora vê melhor e , tem a obrigação disso .
      Sendo assim , no só o piloto , mas o chefe também tem que ter autonomia , é como eu disse , os dois tem que ser um .
      Assim entendo .

    • KBK
      03/07/2010 às 4:21

      Mas o Massa não ficaria limitado pelo safety car?

      Quanto ao piloto “não ter visão de corrida”, concordo plenamente. Mas, vou citar aqui uma resposta do Jock Clear (engenheiro do N.Rosberg): “É uma vergonha que após 15 anos de F1 eu tenha que ser avisado por um piloto que eles não sabem o que está acontecendo na corrida”.

      A verdade é que a F1 evoluiu muito em diversos setores, sendo a telemetria um dos principais. Hoje a equipe que cuida dos dados de um carro sabe se o motor vai aguentar 8 voltas ou não. Mais que isso, consegue determinar com mais precisão do que um piloto a “saúde” dos pneus.
      Com posse dessas (e de outras) informações, a equipe vai orientar o piloto a não defender certa posição, ou não atacar o carro da frente.
      Seria inviável querer que o piloto fizesse esse tipo de estimativa. Isso tira um pouco do romantismo. De qualquer forma, aestratégia faz parte das corridas.

      • Marco
        03/07/2010 às 13:26

        Mas eles não sabem mesmo o que está acontecendo numa corrida , não tem como saber .
        O bom piloto , sabe exatamente quando o pneu está praticamente acabado ou se acabando , ele tem a obrigação de saber .

  34. Luiz Sergio
    02/07/2010 às 15:34

    A fabrica de pneus Michelin está frustrada por ter sido preterida pela FIA.
    A Michelin está desapontada com a decisão da F1 de “esnobar” a sua proposta de fornecimento de pneus para 2011.
    Mas a fabrica de pneus Pirelli, mostrou para a FIA e que queria assumir um grande compromisso e acabou vencendo a disputa.

    • Marco
      02/07/2010 às 20:15

      Acho que foi uma grande pressão das equipe para que a Pirelli voltasse a categoria , o bom seria como algum tempo atrás , ter mais fornecedores de pneus na categoria .

  35. Luiz Sergio
    02/07/2010 às 15:23

    Michelin afirma estar “desapontada” com escolha da Pirelli pela FIA.

  36. LuizSer
    02/07/2010 às 15:22

    Rosberg afirma que atual fase da Mercedes é “um desastre”
    Nico Rosberg avaliou a atual fase da Mercedes, incluindo o GP da Europa, como “um desastre”.
    Segundo o alemão, a equipe está dando passos para trás.
    Pouco menos de uma semana depois de terminar o GP da Europa apenas em 12º, Nico Rosberg avaliou a atual fase da Mercedes como um desastre.
    O alemão declarou que a equipe está andando para trás, ao invés de ganhar terreno em relação aos adversários.
    É um desastre.
    O problema com os pneus vem desde a primeira corrida do ano e a equipe não consegue resolver.
    Estamos dando passos para trás”, afirmou o piloto.
    Eu saí da Williams para a Mercedes porque eu pensei que teria uma equipe e um carro vencedor”, atacou.
    Rosberg está muito frustrado com a atual fase da Mercedes.

    • Marco
      02/07/2010 às 20:08

      Toda essa equipe salvando o Nico , está decepcionante mesmo estando em quarto no campeonato .

    • Luiz Sergio
      02/07/2010 às 23:44

      Schumacher reconhece dificuldades de adaptação do W01 aos pneus.
      Michael Schumacher admitiu o baixo rendimento da Mercedes em Valência e afirmou que é difícil prever o nível da equipe alemã no GP da Inglaterra, que será realizado no próximo domingo.
      Após mais um desempenho abaixo da crítica, desta vez em Valência, onde alcançou a modesta 15ª posição na corrida, Michael Schumacher volta o foco para a disputa do GP da Inglaterra, que será disputado no próximo domingo (11). O heptacampeão ressaltou a importância da etapa britânica do Mundial, pelo fato do país abrigar a fábrica da Mercedes na F1. Schumi também reconheceu as dificuldades de adaptação do W01 aos pneus disponibilizados pela Bridgestone.
      “Silverstone representa uma corrida especial para nós por estar próximo de nossas fábricas em Brackley e Brixworth. Estão todos trabalhando duro para [reverter] o início de temporada difícil que vivemos”
      O veterano da Mercedes reconheceu o baixo rendimento dos carros prateados no GP da Europa e afirmou ser difícil fazer um prognóstico sobre a próxima etapa.
      “Nosso ritmo de corrida tem sido bastante promissor, mas a nossa velocidade na classificação ainda não é a ideal, e nós ainda não compreendemos totalmente os pneus. Ficará claro apenas se continuarmos a trabalhar intensamente”, finalizou.

      • Marco
        03/07/2010 às 13:18

        Amigo Luiz Sergio , será que o Schumi está arrependido da sua volta ?

  37. Luiz Sergio
    02/07/2010 às 9:45

    Sempre na mesma tecla:
    Será que a máFIA ainda não compreendeu, que a segurança em qualquer esporte deve ser primordial, Duto-F, provou que é perigoso, já imaginaram se no acidente do Webber o carro fosse cair na arquibancada? Pista de rua tem ainda mais chance de isso acontecer!
    Não foi proibido esse ano, só para o ano que vem, mais já existe um projeto para usar uma asa móvel, que deve ser até mais perigoso.
    O importante para a máFIA é inventar algo para cada vez mais as novas equipes gastem mais e saiam da F1, se as grandes fabricas não aguentaram, não vai ser as pequenas que vão conseguir sobreviver.
    A história da galinha dos ovos de ouro, pode se tornar realidade na F1!

    • Marco
      02/07/2010 às 10:15

      Muito bem !!! Aprovado Luiz Sergio !!!
      Dizem que o ser humano possui um lado sádico , e a “máFIa ” como muito bem cunhou o amigo , não consegue sucumbir à tentação de conferir de perto tal ” emoção ” e quer proporcionar grandes acidentes , pois a F1 , está carente desse nesse aspecto .
      A FIA tá louca pra reunir uma quantidade de curioosos para dar uma ” espiadinha ” no salseiro que ela quer construir .

    • KBK
      03/07/2010 às 4:03

      Realmente, o F-Duct é um risco. Especialmente porque é algo que o piloto não está acostumado a fazer. No caso da McLaren, além de o acionamento do sistema ser mais simples, os pilotos tiveram tempo na pré temporada para se adaptar.

      • Marco
        03/07/2010 às 13:15

        De acordo !

  38. Marco
    02/07/2010 às 9:26

    Bom dia meu Amigo !!
    Meus parabéns pelo post , sensacional !!!
    Aí óh , esses caras vêm falando que isso é perigoso , e só vão cancelar essa ” engenhoca ” só no ano que vêm como é sabido .
    Se isso realmente aconteceu com o Webber , porque não acabam com esses negócio duma vez ! Será que vão esperar mais acidentes !?
    Têm que fazer como fizeram com os aerofólios nos anos 60 – lembras né ? – começou a dar acidentes , eliminaram o negócio na hora ! E só voltou nos anos 70 , mas como peça fixa ,como você deve lembrar também .
    Valeu grande amigo , estarei por aqui o dia todo , bom jogo e , até mais tarde .

  39. Luiz Sergio
    02/07/2010 às 8:50

    Duto-F pode ter contribuído para o acidente de Webber

    Acidente de Webber
    De acordo com relatos da mídia, a primeira corrida da Red Bull com o duto-F em Valencia pode ter contribuído para o acidente de Mark Webber.
    Imagens da câmera onboard momentos antes do australiano bater na traseira de Heikki Kovalainen o mostram ativando o dispositivo. Ao contrário do sistema pioneiro da McLaren, que é acionado pelo joelho dos pilotos, o duto-F da Red Bull – que estreou em Valencia – funciona quando Webber e Sebastian Vettel bloqueiam uma abertura com os quatro dedos da mão esquerda.
    As imagens mostram os quatro dedos de Webber fora do volante na reta, com seu polegar ainda apoiado no volante.
    Imediatamente antes de atingir a Lotus, Webber coloca seus dedos esquerdos de volta no volante em uma tentativa fracassada de desviar de Kovalainen.
    Quando os dutos-F ativados pelas mãos apareceram nos carros da Sauber e Ferrari no mês passado, o chefe da Red Bull, Christian Horner, declarou que “pilotos guiando com a ponta dos dedos e sem as mãos é um problema de segurança”.
    Porém, a Autosprint da Itália relatou que o sistema da Red Bull pode ter sido um fator na batida de Webber no último fim de semana.
    Vettel admitiu em Valencia que não é fã do duto-F operado pela mão.
    “Foi uma idéia inteligente, é um grande benefício quando se consegue ajustá-lo da maneira correta, mas obviamente você não tem suas mãos no volante o tempo todo”.
    “Eu estava conseguindo beber, usei a mão direita para pressionar um botão do lado esquerdo.
    Também depende de quantos ajustes são feitos por volta, equilíbrio dos freios e assim por diante.
    Você se acostuma, mas não é a coisa mais confortável”, afirmou o alemão.

  40. Luiz Sergio
    01/07/2010 às 23:03

    Marco, gostei de saber que a Pirelli já venceu, 44 corridas na F1, o que eu li antes parecia que tinha só 3 vitórias.
    Esse monopólio ajuda a desenvolver os pneus com mais facilidade, sempre fui a favor, pois em um campeonato de pilotos, as qualidades que deveria prevalecer seria a do melhor piloto e não do equipamento.
    Webber, Button e também o Rubinho, eram considerados pilotos fracos e mostraram que com carros bons eles disputam com igual chance de vencer!

    • Marco
      01/07/2010 às 23:35

      É meu amigo Luiz Sergio , e tem mais : participou de , nada mais nada menos de 1.458 GPs ! além de ” calçar ” seis pilotos na conquista de campeonatos , conquistou um grande números de pódios também , foram 143 , a Pirelli não foi fraca não , parceiro .

  41. Marco
    01/07/2010 às 22:34

    E agora , vou dá uma de blogeiro … rsrsrsrs … e porquê não rsrsrs …
    O regresso da Pirelli à F1 .

    Essa empresa que tem a sua base em Milão , já participou com muito sucesso em diferentes épocas e etapas da F1 .
    Entre os periodos de 1950 e 1991 , conquistou 44 vitórias , que por sinal , sua última vitória foi marcada pelo magnífico piloto brasileiro Nelson Piquet – que vi correr de kart num campeonato Brasileiro em POA em 1972 ! – com uma Benetton-Ford no GP do Canadá em 1991 .

    Pelo que li por aí ,a principal mudança que a Pirelli pretende introduzir na categoria é de elevar a bitola dos pneus .
    A idéia é o uso similar aos pneus dos carros de rua de 18 polegadas , substituindo as atuais 13 polegadas .
    Mas isso é só lá para 2013 , ano em que estão previstas novas substânciais mudanças no regulamento .

    Agora o mais ridículo que pra mim beira o absurdo , como estão proibidos os treinos particulares até o final desta temporada , a Pirelli pretende fazer os testes com os Dallara da GP2 e possivelmente com os monopostos da ex-Toyota da F1 .

    Muito bem , além de ser a fornecedora da GP3 , a Pirelli assinou também com a F1 , e , com a GP2 , sendo assim , instituiu quase um monopólio na categoria das fórmulas .

  42. Luiz Sergio
    01/07/2010 às 18:50

    KBK, seria bom se você conseguisse mudar o título dessa matéria, para ficar mais atual.

    • Marco
      01/07/2010 às 21:56

      Também acho e concordo Luiz Sergio .
      Vai KBK consegue um tempinho vai !

  43. Luiz Sergio
    01/07/2010 às 18:48

    Marco, estou esperando!

    • Marco
      01/07/2010 às 21:53

      Pô legal !!
      Bom já respondi o KBK , o teu belo post , e todos os outros seus comentários , e estou por aqui até altas horas dando um passeio no Tomás , Around e também no excelente blog do Willian , http://www.corridasdeformula1.com/ da qual faço um convite para o amigo participar deste também .

  44. Marco
    01/07/2010 às 11:34

    Luiz Sergio e KBK , estarei à noite por aqui comentando sobre o excelente post de você Luiz Sergio que ora nos apresenta .
    Bom dia e , até à noite , ou quem sabe já no finalzinho da tarde .
    Até mais .

  45. Luiz Sergio
    01/07/2010 às 9:40

    KBK, espero que a reforma não demore, eu e o Marco, estamos fazendo o possível, se der para ir mais fundo nas mudanças para 2012, pois não vai ser só o motor, seria um bom tema, as novas regras.
    Gostaria da volta das grandes fabricas, só cedendo os motores, como é um projeto novo, todos os fabricantes devem começar do zero, o motor dizem que vai ser 1500cc, turbo, ecológico.
    Um abração e força nesse blog.

    • Marco
      01/07/2010 às 21:44

      Luiz Sergio , acho que o KBK na realidade , está construindo uma mansão e não quer comentar isso para os amigos … mas aguardamos o convite da inauguração … rsrsrs …
      Qto as mudanças Luiz Sergio e KBK , ao que me consta , tem aquelas de efeito imediato que são : safety car e segurança .
      Para 2011 , temos ai os pneus , licenciamentos a membros de equipes , grid ( 107% ) , aerofólio trazeiro , peso , a reserva de combustível , licenças …
      É verdade , seria muito interessante as fabricas cedendo ou vendendo seus motores ecológicos e combatendo de forma positiva as mudanças climáticas .

      • KBK
        03/07/2010 às 3:44

        Esse bom humor é impagável. Se eu tivesse tal dinheiro iria percorrer o mundo ao lado da F1.

      • Marco
        03/07/2010 às 13:14

        Verdade , acredito que também faria o mesmo .

  46. Luiz Sergio
    01/07/2010 às 8:17

    Esse é o tipo de motor que devera está na F1 em 2012, FOTA e FIA estão concordando com essa mudança!
    Desculpe a tradução que a matéria é em inglês.

    MOTOR MIT promete ser altamente eficiente, de baixo custo

    Os investigadores do MIT estão desenvolvendo um motor a gasolina da metade do tamanho que funciona como um do dobro do tamanho, mas oferece eficiência de combustível que se aproxime do sistema híbrido de motor de hoje – a um custo menor.
    A chave? Cuidadosamente injeção controlada de etanol, um biocombustível cada vez mais comum, diretamente no motor a cilindros.
    Estes motores pequenos poderiam estar no mercado dentro de cinco anos, e os consumidores devem encontrar-los atraentes: Ao passar sobre um extra de R $ 1.000 e adicionando um par de galões de etanol a cada poucos meses, eles terão um motor que pode ir até 30 por cento mais de um galão de combustível de um motor comum. Além disso, o pequeno motor oferece alto desempenho, sem a utilização de octanagem da gasolina.

    Dadas as poupanças de tempo de retorno de combustível curto – três a quatro anos, os preços da gasolina E.U. presentes – os investigadores acreditam que sua “etanol impulsionou” motor turbo tem um potencial real para a adopção generalizada. O impacto sobre o consumo de petróleo E.U. pode ser substancial. Por exemplo, se todos os carros de hoje tinha o novo motor, consumo de gasolina E.U. atual de 140 bilhões de galões por ano, cairia em mais de 30 bilhões de galões.

    “Há uma necessidade tremenda para encontrar baixo custo, soluções práticas para tornar os motores mais eficientes e limpas e para encontrar maneiras de custo-benefício para usar mais biocombustíveis no lugar do petróleo”, disse Daniel R. Cohn, cientista de pesquisa sênior no Laboratório de Energia e do Ambiente e da Ciência e Plasma Centro de Fusão (PSFC).

    Cohn, John B. Heywood, o Sol Jae Professor de Engenharia Mecânica e diretor do Laboratório Automotive Sloan, e Leslie Bromberg, um investigador principal no PSFC, têm um conceito de motor que promete alcançar esses objetivos.

    Durante décadas, os esforços para melhorar a eficiência da técnica convencional de ignição por faísca (SI) motor a gasolina têm sido impedidos por uma barreira conhecida como o limite de bater “: Alterações que teria feito o motor mais eficiente teria causado knock – espontânea de combustão que produz um ruído metálico clanging e pode danificar o motor. Agora, usando simulações de computador sofisticados, a equipe do MIT descobriu uma maneira de usar etanol para suprimir a combustão espontânea e essencialmente remover o limite de bater.

    Quando o motor está trabalhando duro e bato é provável, uma pequena quantidade de etanol é injetado diretamente na câmara de combustão quente, onde se vaporiza rapidamente, resfriando o combustível eo ar de combustão espontânea e tornar menos provável. De acordo com uma simulação desenvolvido por Bromberg, com injeção de etanol o motor não vai bater mesmo quando a pressão dentro do cilindro é três vezes maior do que em um motor convencional SI. Os ensaios de colaboradores na Ford Motor Company produziu resultados coerentes com as previsões do modelo.

    Com batidas essencialmente eliminada, os pesquisadores poderão incorporar em seu motor de duas técnicas operacionais que ajudam a tornar os motores diesel, hoje tão eficiente, mas sem causar os altos níveis de emissões dos motores diesel. Primeiro, o motor é altamente turbocharged. Em outras palavras, o ar que entra é comprimido de modo que mais ar e combustível possam caber dentro do cilindro. O resultado: Um motor de um determinado tamanho pode produzir mais energia.

    Em segundo lugar, o motor pode ser projetado com uma maior taxa de compressão (a relação entre o volume da câmara de combustão, após a compactação do volume anterior). Os gases da combustão se expandem mais em cada ciclo, cada vez mais energia a partir de uma determinada quantidade de combustível.

    As mudanças combinadas podem aumentar a potência de um motor de tamanho dada por mais de um fator de dois. Mas ao invés de buscar um melhor desempenho ao veículo – a tendência nas últimas décadas – os investigadores encolheu os seus motores para a metade do tamanho. Usando modelos de computador estabelecidos, bem, eles determinaram que os seus pequenos, turbocharged, com compressão do motor elevada relação irá fornecer a potência de pico igual à escala SI versão completa, mas será de 20 a 30 por cento mais combustível eficiente.

    Mas a concepção de um motor eficiente não é suficiente. “Para realmente afetar o consumo de petróleo, precisamos de pessoas que querem comprar o nosso motor”, disse Cohn, “assim que o nosso trabalho também enfatiza manter baixo o custo adicional e minimizar os eventuais transtornos para o motorista.”

    O motor impulsionado etanol poderia proporcionar ganhos de eficiência comparáveis aos do sistema híbrido de motor de hoje para menos investimento extra – cerca de $ 1.000 em oposição a 3,000 dólares para 5,000 dólares. O motor deve usar menos de cinco galões de etanol para cada 100 litros de gasolina, por isso os condutores terão de encher seu tanque de etanol apenas a cada 1-3 meses. E o etanol pode ser E85, a mistura de etanol / gasolina agora está sendo empurrado pela legislação federal.

    Através de sua companhia startup, Etanol Estimular Systems LLC, os pesquisadores estão trabalhando com seus colaboradores Ford em testes e desenvolvimento deste novo conceito. Se tudo correr como esperado, no prazo de cinco anos os veículos com o novo motor poderia estar na estrada, usando um combustível alternativo para substituir um pouco de gasolina e fazer uso mais eficiente do resto.

    • Marco
      01/07/2010 às 21:25

      Salve Luiz Sergio !!!
      Amigo está ótima a tradução , e é por aqui mesmo que vou acompanhando as novidades .
      Mas será que essa grande novidade desse ” motorzinho/motorzão estará realmente nas pistas ” empurrando ” já um F1 em 2012 ? Olha cara , era tudo que eu queria .
      Fico contente de saber que o ” FIA e FOCA estão concordando com essa mudança ! ” , mesmo que tenha que passar por alguns sacrifício do seu interesse .
      Está na hora mesmo de , não só a F1 , mas toda a industria automobilista rever seus conceitos para o combate efetivo do aquecimento global , devido à predominância atual deste assunto .
      Amigo , mais uma vez os meus parabéns , não só pela informação importante que você trás , mas pelo excelente post e dedicação a este blog do nosso querido amigo KBK .

  47. Luiz Sergio
    30/06/2010 às 19:57

    Vejo as pessoas se concentrando nas vitórias e títulos, são poucos os pilotos que realmente conquistaram seu titulo ou títulos, começando praticamente do zero, ele a a equipe, são poucos que conseguem isso.
    Lewis Hamilton, foi um que para F1, começou já em berço de ouro.

    • Marco
      30/06/2010 às 20:14

      Exato , por isso que ele não tem vontade , não tem interesse , e, não consegue ir no âmago da questão .

      • KBK
        01/07/2010 às 4:41

        Com certeza ele não tem o espírito de equipe. Algo flagrante em veteranos como Barrichello, Schumacher…
        Mesmo assim os ingleses adoram ele por seu ímpeto a la Mansell, ou Rooney já que estamos no meio da copa.

  48. Marco
    30/06/2010 às 18:44

    É meu caro Luiz Sergio , tanto no mundo corporativo , como na vida pessoal , certas pessoas não têm a capacidade de reconhecer e admirar onde tudo efetivamente começou isto é : o primeiro , o início .
    Normalmente as pessoas apreciam e exaltam o sucesso a partir de um determinado momento , mas raramente lembram do início , que é de se lamentar .
    Grande abraço .

  49. Luiz Sergio
    30/06/2010 às 11:34

    Como no anuncio do primeiro Sutiã a garota não esquece,
    fico triste em ver que não é só os brasileiros que não dão valor o primeiro título, vejo que na Mclaren acontece isso também.
    Para ser a grande Mclarem, ele começou a sua glória com o primeiro título, antes era só uma equipe igual a tantas onde na maioria não conseguiram se projetar na F1, na época do primeiro título, a grande maioria das equipes usavam o mesmo tipo de motor e o piloto realmente fazia a diferença.

  50. Luiz Sergio
    29/06/2010 às 16:05

    Noticia Fresquinha
    Alonso pede desculpas por críticas a FIA

    Por Jonathan Noble Terça-feira 29 de junho, 2010, 17:56 GMT

    Fernando Alonso pediu desculpas por excesso de reagir à controvérsia do safety car na semana passada Grande Prêmio da Europa – e disse que nunca teve intenção de combustíveis suspeitas de que a FIA teve o “manipulado” a raça.

    O espanhol ficou furioso depois da corrida em Valência – sugerindo que a FIA tinha favorecido a Lewis Hamilton por demorando muito para entregar-lhe uma punição por ultrapassar o safety car no início do evento.

    Esses atrasos significava Hamilton foi capaz de levar um drive-through, sem perder posição.

    Dois dias em diante, Alonso disse que está muito mais calmo com a situação – e esclareceu que seus comentários foram impulsionadas pela frustração que ele havia perdido posições, respeitando as regras, enquanto Hamilton tinha efectivamente beneficiou de quebrar os regulamentos.

    “Obviamente, na clara luz do dia, estou muito mais calmo do que eu nos momentos imediatamente após a corrida”, disse Alonso, em sua coluna do diário no site oficial da Ferrari.

    “Na época, eu reagi e emocionalmente nessa situação, é muito fácil de adotar um tom e dizer coisas que podem ser interpretados de forma errada, dando lugar a suspeitas, algo que eu não tinha intenção de fazer.

    “Claro, eu entendo que os administradores têm um trabalho difícil de fazer e eles têm que tomar decisões que não são fáceis. O que eu quis dizer foi que os condutores que, como nós, respeitados os regulamentos, infelizmente, nessa situação, sofreu muito mais do que aqueles que quebrou-os, embora eles receberam uma penalidade.

    “E eu não estou me referindo a nenhum dos condutores, em especial: é uma questão geral e acho que devemos falar sobre isso junto em uma maneira calma, para garantir que coisas como esta não volte a acontecer.”

    Houve especulações de que a FIA pode punir Alonso e sua equipe Ferrari para alguns de seus comentários sinceros depois da Espanha, mas o órgão regulador não deu nenhuma indicação de que pretende reagir. apologética comentários de Alonso, no entanto, servir de ajuda para desenhar uma linha em questão.

    A FIA está ciente, no entanto, que os acontecimentos de domingo revelaram vários problemas potenciais com o carro normas de segurança vigentes, e pediu uma reunião extraordinária do think tank, o Sporting Working Group, para percorrer as questões na próxima semana à frente do Grand britânico Prix.

    Alonso congratulou-se com esse movimento e espera que todas as questões levantadas no ar depois de Valência pode ser esclarecido que não há controvérsia repetir no futuro.

    “Fiquei satisfeito ao ouvir que a FIA reagiu rapidamente, convocar uma reunião extraordinária do Grupo de Trabalho do Grupo Sporting e estou confiante, certo mesmo, que todos os pontos em discussão serão esclarecidas de forma abrangente”.

    Apesar de perder pontos valiosos em Valencia pelo mau momento do safety car, Alonso continua otimista sobre as perspectivas de seu título.

    “Mesmo se o resultado de Valência não era o que queríamos, não tem causado danos irreparáveis”, disse ele. “É verdade que a diferença para o líder agora saltou para 29 pontos, mas nós ainda não atingimos o ponto incompleto da estação. Nós trilha de pouco mais de uma vitória, então a situação ainda está muito aberto.

    “As atualizações que trouxemos para a Espanha nos viu dar um passo adiante e chegar mais perto do pelotão da frente. Estou satisfeito com isso, mas também conscientes de que devemos continuar a empurrar com o desenvolvimento do F10, porque precisamos ter um carro capaz de lutar pela pole e nos dar uma vantagem sobre nossos adversários, logo que possível.

    “Se nós estamos agora 29 pontos atrás do líder do campeonato, isso significa que nos próximos dez corridas, temos que marcar pelo menos 30 a mais do que quem está na liderança ao mesmo tempo.”

    • Marco
      29/06/2010 às 20:34

      Luiz Sergio , taí óh , você pode ser o interino do KBK , até ele ajeitar as coisas dele , que tal ?
      Com um post desse aí , pra mim você está contratado .
      Abraços .

      • Luiz Sergio
        29/06/2010 às 20:51

        Marco, tirei o texto inglês e coloquei no Gmail que traduziu, não é que no blog do Livio, teve um cara reclamando, da tradução, se deixa-se no inglês o pessoal ia reclamar.
        No fundo ninguém está feliz, o importante é reclamar.

      • Marco
        29/06/2010 às 21:34

        É sempre assim , sempre têm os tais ” engenheiros de obras prontas ” .
        Fazer o que né !? o negócio é não ” esquentar ” .

      • KBK
        01/07/2010 às 4:30

        Até fiz essa proposta, o Luiz Sergio achou que era muita responsabilidade. Mas não tem problema, informação pelos comentários também vale.
        Abraço aos 2.

  51. Luiz Sergio
    29/06/2010 às 7:59

    Noticia fresquinha sobre a corrida manipulada.

    Ao contrário do que se pensava, a máFIA, depois de permanecer em silêncio ameaçador nas últimas 24 horas, pode estar pensando em uma ação contra Ferrari na sequência do discurso da equipe italiana pós-Valencia.
    Mais cedo nesta segunda-feira, pareceu que o corpo diretivo não responderia coisa alguma sobre Fernando Alonso e a equipe Ferrari de maneira geral, terem acusado os comissários da corrida em Valencia de manipulação de resultado.

    Como já amplamente divulgado, os membros da Ferrari estão revoltados com a penalidade ridícula imposta e dada só muito depois que Lewis Hamilton conseguiu a vantagem suficiente para tornar nula a penalidade por ultrapassar o safety car, permitindo que o piloto da McLaren terminasse a corrida tranquilamente em segundo lugar.
    O jornal inglês The Guardian relatou hoje “alguns funcionários” da máFIA estão de fato bastante irritados.

    Christian Horner, chefe da Red Bull, comentou:
    “ A FIA só precisa seguir as regras claras do safety car.”

    • Marco
      29/06/2010 às 12:43

      Não tenho dúvidas Luiz Sergio , vêm punição por aí .
      Mesmo tendo razão , falou muito e demais .

  52. Luiz Sergio
    28/06/2010 às 23:30

    Vendo o vídeo sobre o que o Hamilton vez, penso que ele deveria ter levado uma bandeira preta.

    • Marco
      29/06/2010 às 12:44

      Também acho .

    • Marco
      29/06/2010 às 12:51

      A impressão que eu tive , foi que ele chegou a ter dúvida em executar a artimanha , mas resolveu ultrapassar o SC certo que ganharia o tempo suficiente que perderia com a punição que já sabia que estava sujeito .
      assim entendo .

    • KBK
      01/07/2010 às 2:02

      Dessa vez vi um erro “honesto” do Hamilton. Afinal, se ele não tivesse ficado em dúvida, cruzaria a linha antes do safety car. Na minha percepção ele achou que ainda dava.

  53. Marco
    28/06/2010 às 20:01

    KBK , o vencedor Vettel fez uma magnífica corrida né ? dominou do início ao fim , tudo conspirou a seu favor , até ao entrar para o box antes do safety car .
    Outro que fez uma excelente corrida foi o Rubinho , sem dúvida fez a sua melhor corrida do ano , claro , devido devido a evolução do carro , pois piloto ele é .
    E kobayashi foi uma de suas melhores corridas , suportou praticamente até o final com os mesmos pneus ! Esse foi o ponto culminante , um ponto que poucos ou não nenhum entendido comentou , pois só estão falando das ultrapassagens .
    Boa noite e , um grande abraço .

    • KBK
      01/07/2010 às 1:26

      A corrida do Vettel foi boa, depois de segurar o Hamilton na primeira volta a corrida se tornou um “sunday drive”. Com o drive through do Hamilton pôde poupar equipamento (Red Bull precisa poupar no fim, parece ser o mais frágil em termos de desgaste).

      Rubinho fez tudo certo, só elogios.

      Kobayashi foi a maior surpresa. Andou sempre num rítmo bom e ainda deu show no final. Pode não ser um grande piloto, mas dá show, às vezes.

      • Marco
        01/07/2010 às 20:43

        Fora a boa atuação desses pilotos , a corrida teve dois momentos principais de decisivos : a largada , quando houve várias tentativas de ultrapassagens , e o acidente espetacular do Webber que mudou toda a história da corrida .

  54. Marco
    28/06/2010 às 12:06

    Boa tarde KBK e Luiz Sergio .
    Nada como ” ouvir ” a experiência , é verdade , você está coberto de razão , o Webber não calculou muito bem a aproximação sobre a lenta Lotus de Kova na sua tentativa de recuperar posições .
    Fui totalmente equivocado no meu comentário acima .
    Valeu meus amigos , grande abraço , talvez volto aqui mais tarde .

  55. Luiz Sergio
    27/06/2010 às 23:46

    Marco, na GP2, os carros tem as mesmas velocidade e aconteceu o mesmo tipo de acidente,esse é um dos grandes problemas do carro de formula.
    Coloco como acidente de corrida e se tiver um culpado vai ser o Webber.

  56. Marco
    27/06/2010 às 22:29

    Ai garoto !!! que bom cara !!!!!!!
    KBK e Luiz Sergio , hoje a F1 viveu duas grandes verdades .
    1. a primeira de forma realmente positiva , a segurança dos atuais carros .
    2. a segunda de forma realmente temerária , permite que carros 8s mais lento , participem da mesma corrida .
    Todo mundo está falando pra cacete desse e daquele , disso e daquilo , mas o grande diretor e produtor desse magnífico roteiro , chama-se Max Webber .
    Sem ele nada de nada tinha acontecido .
    Cara foi bom te ” ver “, aproveito e mando um abração pra ti também o gente fina Luiz Sergio .

    • KBK
      01/07/2010 às 1:18

      Bem observado sobre a segurança. Hoje um piloto só corre risco mais sério perante a um grande imprevisto, como a mola do Massa.

      Sobre os carros mais lentos eu estou mais tolerante. O que se necessita é deixar claro aos pilotos “lentos” de que a prioridade deles é não atrapalhar, e depois brigar por posição.

      • Marco
        01/07/2010 às 20:37

        Grande KBK !!
        Qto aos carros lentos né KBK sabemos que o conselho da FIA tomou importante decisão que qualquer carro que esteja muito lento durante a corrida , e que possa oferecer perigo , será observado pelos comissários que decidirão a sua permanência na pista .
        Acho uma medida correta .

  57. Luiz Sergio
    27/06/2010 às 18:46

    KBK, você acertou pelo menos o vencedor.
    Sobre todo os problemas da corrida, depois do gol da Inglaterra legitimo, que o juiz não deu e que mudou totalmente o panorama da partida e o gol em impedimento da Argentina que também matou as esperanças do México, as duas seleções voltam para casa, para esperar no mínimo 4 longos anos, os erros e a falta de punições corretas na F1, são momentos errados na F1 que no máximo em 2 semanas os pilotos prejudicados podem recuperar, essa é a grande diferença entre a copa do mundo ou as olimpíadas, com a Formula 1.
    Nem por isso vou deixar de bater na mesma tecla, FIA é uma máFIA.

    • KBK
      01/07/2010 às 1:15

      Bela comparação.
      Todos os resultados ficam manchados com esse tipo de erro.

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s