Arquivo

Archive for maio \30\UTC 2010

O acidente Red Bulliano

30/05/2010 11 comentários

O principal e mais polêmico momento do dia foi a tentativa de ultrapassagem de Vettel sobre Webber.

A primeira impressão foi de um erro de Vettel, ao tentar  forçar uma ultrapassagem. No replay, ficou claro que o movimento que causou o acidente foi de Vettel, o que corrobora a primeira impressão.

Porém, e sempre há um ‘porém’, ao olhar mais atentamente, pode-se perceber que Webber não fez o movimento natural de quem está sendo ultrapassado. Ele “continuou expremendo” Vettel ao invés de se posicionar em favor da saída de curva para recuperar a posição na seqüência.

Difícil culpar Webber, pois não há obrigação em dar espaço, mas como é uma disputa entre companheiros de equipe, minha opinião é de que Webber foi combativo demais. Vettel otimista demais.

O maior erro de Vettel foi fazer o sinal de “é doido” após sair do carro. Algo que poderíamos esperar de Hamilton.

Como não consegui me expressar tão bem, citarei Sirlan Pedrosa, um cara que entende demais sobre corridas:

A manobra do Vettel foi ingênua e a postura do Webber muito dura.

Um carro de corrida só consegue fazer uma curva com um mínimo de velocidade se tiver condições de realizar uma tomada e uma tangência. Não por acaso os carros largam da pole do lado de fora da primeira curva (o lado da tomada).

O Button algumas voltas depois espremeu o Hamilton na reta, mas quando o companheiro colocou de lado e a curva se aproximava ele deu espaço para a tomada da curva.

O Webber mesmo estando já com o carro atrás do Vettel (tanto que tocou na roda traseira do alemão) retardou ao máximo a tomada da curva para não dar espaço ao carro que o ultrapassava.

Uma fração de segundo a mais e o Webber teria que conduzir o carro para a tomada e não haveria o acidente, ou os dois carros não conseguiriam fazer a curva….

O fato é que o Vettel foi ingênuo em achar que Webber lhe daria espaço. É o ano da vida do australiano e ele mostrou que não vai abrir mão dessa chance, até porque não deve ter outra.

Vettel com 22 anos aprendeu mais uma hoje.

Um abraço,

Sirlan Pedrosa

Categorias:Formula1

[MotoGP] Le Mans: Corrida

Jorge Lorenzo supera Rossi em vitória sólida na MotoGP

Na largada, Valentino Rossi conseguiu manter a primeira posição, coisa que não acontece freqüentemente com o italiano. Nas primeiras posições, a única alteração foi de Hayden que passou Stoner. Na segunda volta, Casey Stoner conseguiu ultrapassar seu companheiro, Nick e começou a andar rápido, fazendo a melhor volta da corrida e dando a impressão de que poderia incomodar a Pedrosa, quem sabe, até mesmo as Yamahas. A esperança durou pouco, Stoner caiu antes mesmo de encostar em Pedrosa. A tristeza ficou evidente quando filmado, já no box, conversando com o pessoal da equipe. Leia mais…

Categorias:MotoGP

[MotoGP] Le Mans: Qualifying

Valentino Rossi larga na pole amanhã

Foi por apenas 54 milésimos, mas Valenti conseguiu superar Jorge Lorenzo, vencedor da última etapa e líder do campeonato. Um décimos atrás deles vem a Honda de Dani Pedrosa. Na seqüência, já 4 décimos atrás do líder, as Ducatis de Stoner e Hayden. Leia mais…

Categorias:MotoGP

60 anos de Formula1: Os Dez Momentos Mais Rápidos da História

20/05/2010 1 comentário

04/08/57 – Fantástico Fangio (GP da Alemanha, Nürburgring)

Prejudicado por um pit-stop mal sucedido que transformou a liderança de 28s em um atraso de 50s, Juan Manuel Fangio começou a missão de sua vida – uma caça sem precedentes até alcançar as Ferraris de Mike Hawthorn e Peter Colins, que lideravam. “Se você deixa o carro com uma marcha mais alta em algumas das curvas rápidas, desde que entre com o ângulo correto, vai sair mais rápido”, disse. “Comecei a fazer quase todas as curvas assim.” Rodando em torno de 20s abaixo do recorde da pista, finalmente passou os dois carros vermelhos na penúltima volta. Foi a última vitória de Fangio. “Naquele dia, consegui domar Nürburgring”, escreveu mais tarde. “Exigi tanto de mim que não consegui dormir por dois dias. Sabia que eu jamais conseguiria andar tão rápido assim novamente. Nunca”

10/09/67 – Clark dá show, mas não leva (GP da Itália, Monza)

Depois de descontar uma volta de atraso em relação aos líderes causada por um pneu furado, Jim Clark andava extraordinariamente dois segundos mais rápido que seus rivais, deixando-os um a um para trás. Despachou Jochen Rindt na volta 54 para assumir a quarta posição, sendo promovido a terceiro quando o líder Graham Hill abandonou. Clark então passou por John Surtees e Jack Brabham, que havia assumido a liderança duas voltas antes de Jim chegar nele. Na volta final, Clark liderava, seguido por Surtees e Brabham. Os fãs nas arquibancadas gritavam histéricos quando o trio desapareceu em meio às árvores. Mas quando os carros rugiram pela curva Parabólica, apenas dois deles estavam na disputa – com Surtees à frente de Brabham. Clark cruzou a linha de chegada em terceiro, já que um problema na bomba de combustível roubou-lhe o que seria sua maior vitória.

04/08/68 – Jackie some na liderança (GP da Alemanha, Nürburgring) Leia mais…

Categorias:Formula1

Como não torcer por eles?

18/05/2010 1 comentário
Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.

Ferrari, McLaren e Mercedes têm tradição e pilotos consagrados. Profissionalismo e know how.

Mesmo assim, falta algo…

Categorias:Formula1

Pole de Webber em Mônaco

Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.

Bela volta do aussie.

Torrent da corrida (pre-race incluso).

Categorias:Formula1

Mônaco: Corrida

17/05/2010 1 comentário

Webber guia seu foguete por entre os guard rails de maneira magistral.

Novamente, Mark Webber domina o fim de semana. Não deu chances a ninguém no treino de classificação no sábado e comprovou no domingo quem é ‘o cara’ – pelo menos nessas duas semanas. Fico receoso, mas não tenho como evitar a segunda nota 10 do australiano em GPs consecutivos. Leia mais…

Categorias:Formula1